Autenticação






Maio 2011

Porto de pesca de Albufeira corrigido

barra-albufeira-gO porto de pesca de Albufeira foi inaugurado com uma entrada de barra virada a sueste. Oito anos depois, o Instituto Portuário e dos Transportes Marítimos (IPTM) prepara uma intervenção para corrigir um problema que tem impedido o funcionamento normal da infra-estrutura.

"À entrada da barra há um cerro no fundo", disse ao CM Antero Nobre, pescador de 52 anos. "Os ventos de Levante [sueste] trazem muita corrente e as areias acumulam-se nos molhes", explicou outro pescador, David Martins, de 28 anos.

Segundo os pescadores, a entrada da barra está assoreada junto à parte interior do molhe de fora. Dizem os homens do mar que a profundidade inicial era de 10 metros e que actualmente é de apenas quatro metros. Além disso, a entrada do mar de sueste obrigou a retirar do porto as estruturas de acostagem, o que dificulta o funcionamento da lota.

Os pescadores sugerem o prolongamento do molhe de fora com curva para terra. E é isso que o IPTM vai fazer. "O projecto de prolongamento está a ser feito e a obra deve avançar no próximo ano", disse ao CM Brandão Pires, director-delegado do IPTM Sul, indicando um investimento de dois milhões de euros. O desassoreamento, disse Brandão Pires, é da responsabilidade da Marina de Albufeira, que deverá intervir no início do Verão.

Ler mais/Fonte: Correio da Manhã

 

Petição a favor de Comissão Parlamentar para as Políticas do Mar reuniu mais de 500 assinaturas num dia

assembleiadarepublica-mar-gA petição lançada por um grupo de cidadãos que pretendem a criação de uma Comissão Parlamentar para as Políticas do Mar já reuniu mais de 500 assinaturas, esperando os subscritores que os futuros deputados concretizem a iniciativa.

Depois de na semana passada terem entregue a proposta na Assembleia da República, juntamente com uma carta dirigida ao seu Presidente, Jaime Gama, os promotores, ligados ao sector, lançaram na terça-feira uma petição com o mesmo intuito; um dia depois já reunia mais de 540 assinaturas. "Contamos que até às próximas eleições [o número de subscritores] cresça muito mais e os deputados eleitos sejam fiéis à vontade expressa pela sociedade civil", disse à agência Lusa Fernando Castro, primeiro subscritor e secretário-geral do Fórum para a Economia do Mar.

No texto da petição é defendido que a "Assembleia da República pode dar o contributo decisivo à resolução de um longo problema quanto às políticas públicas do mar". "Uma comissão parlamentar será apta, como nenhuma outra estrutura, a articular, na perspectiva de uma comum estratégia do mar, as políticas que se exercem em sectores longamente estruturados, como Marinha, pescas, portos e transportes marítimos, e aquelas que se projectam em dezenas de outras áreas dispersas pelos respectivos departamentos", lê-se no documento.

A proposta que foi entregue no Parlamento foi subscrita pelo deputado do CDS-PP Ribeiro e Castro, o almirante Alexandre da Fonseca, pelo presidente do Fórum Empresarial da Economia do Mar, Bruno Bobone, o presidente da Comissão Executiva da Lisnave, Frederico Spranger e o presidente do Instituto Portuário e dos Transportes Marítimos, João Carvalho, entre outros.

São ainda subscritores outros deputados, dirigentes de organizações de produtores, investigadores científicos e o especialista em política dos Oceanos Tiago Pitta e Cunha, do gabinete do Comissário para os Assuntos Marítimos da Comissão Europeia.

Ler mais/Fonte: Lusa

 

Associação Portuguesa de Portos de Recreio - Triénio 2011-2013

marina7-gRealizou-se no dia 28 de Março de 2011, nas instalações da APL, S.A. a Assembleia Geral da Associação Portuguesa de Portos de Recreio - APPR para a apresentação, discussão e votação do Relatório e Contas de 2010 e a eleição dos corpos gerentes para o triénio 2011-2013.

Foram eleitas a Mesa da Assembleia Geral, o Conselho Fiscal, o Conselho Consultivo e a Direcção, órgãos que passam a ser presididos respectivamente por, Engº Fernando Manuel Nascimento da APTO, S.A. (Açores), Engº Vilar Filipe da Marina do Parque das Nações, S.A., Dr. Manuel Maltez da ABAE (Bandeira Azul da Europa) e Isolete Correia da Marina de Vilamoura, S.A.

No Plano de Actividades para o triénio 2011-2013 ressaltam os objectivos de criar condições para uma maior afirmação das Marinas e Portos de Recreio Portugueses no enquadramento nacional e internacional,tendo em vista colocar Portugal como destino de referência a nível Mundial nesta área, e a actualização e monitorização estatística do sector.

Integram também o conjunto de objectivos apresentados para o triénio a realização de Seminários abordando temas de interesse para a actividade, o desenvolvimento de uma estratégia para a promoção conjunta dos associados a nível internacional, a intensificação das medidas na área ambiental, com o apoio da Bandeira Azul da Europa, e dar continuidade às parcerias estratégicas com associações de Marinas na Europa e Estados Unidos da América.

Ler mais/Fonte: IPTM

Produtos

banner_facebook_web