Autenticação






Maio e Junho 2017

O Dongfeng Race Team apresenta a sua tripulação para a Volvo Ocean Race

O Dongfeng Race Team apresenta a sua tripulação para a Volvo Ocean RaceQuando faltam 160 dias, para a largada da mais dura competição offshore de volta ao mundo com tripulantes, a 22 de outubro em Alicante, Espanha, o Dongfeng Race Team apresentou a equipa de 12 velejadores, de seis nacionalidades que combina juventude com experiência.

iderada pela segunda vez consecutiva pelo francês Charles Caudrelier, entre os tripulantes contam-se cinco vitórias na Volvo Ocean Race, cinco campanhas Olímpicas e 32 Solitaire du Figaro (incluindo cinco vitórias). Para além do Charles Caudrelier, a equipa conta com o vencedor da Solitaire du Figaro e da Transat Jacques Vabre, Pascal Bidegorry, que regressa como navegador. Um recordista de vela ocêanica, Bidegorry foi o braço direito do Charles Caudrelier na última edição, e desempenhou um papel fundamental com a meteorologia e na estratégia da equipa.

O francês Kevin Escoffier dispensa apresentações na vela oceânica, foi um dos pilares da última campanha, e também está de volta à equipa. O Kevin Escoffier não é apenas um brilhante velejador oceânico, mas também um reputado construtor naval. Já anunciados estão os neozelandeses Stu Bannatyne, que vai participar na regata pela oitava vez, e o Daryl Wislang que venceu a última edição com o Abu Dhabi Ocean Racing. Também na equipa temos o Jeremie Beyou, o francês terminou a última Vende Globe no pódio e é um especialista em vela oceânica one-design, fará a sua primeira participação na Volvo Ocean Race. Bannatyne, Wislang e o Jeremie Beyou vão repartir as responsabilidades de serem os chefes de turno no Dongfeng.

As duas estrelas femininas da equipa são a francesa Marie Riou, quatro vezes campeã do mundo de Nacra 17, e a holandesa Carolijn Brouwer, que já participou duas vezes na Volvo Ocean Race em equipas femininas. Na proa, e também ao leme temos o velejador australo/britânico Jack Bouttell, um veterano com três participações na Solitaire du Figaro. Como antes, o compromisso do Dongfeng Race Team é ajudar a criar as bases para a vela oceânica na China, e a tripulação conta com três jovens velejadores chineses – Yang Jiru (Wolf), Xue Liu (Black) e o Jinhao Chen (Horace) – que foram seleccionados em 2014-15 e cumpriram todos os programas de treinos. A comentar a equipa completa pela primeira vez , Charles Caudrelier disse: “Eu quis um grupo de pessoas a bordo que se tornem mais fortes na adversidade, nunca desistam e que também se divirtam nesta longa epopeia. E acrescentou: “Vamos viver juntos nos próximos meses. Vamos estar molhados, com frio, zangados, com calor, exaustos e desesperados para dormir de vez em quando, por isso, as nossas relações têm que ser muito fortes para aguentar tamanha pressão. Estou muito contente com a equipa que construímos, e estou confiante que estamos talhados para a missão temos à nossa frente”.

Nesta campanha, o Dongfeng Race Team quer melhorar o resultado da sua impressionante estreia na Volvo Ocean Race, quando surpreenderam os especialistas e os fãs terminando em terceiro lugar da classificação geral. “A chave tem sido usar a nossa experiência adquirida na edição 2014-15 e trabalhar em cima disso, e não nos podemos fiar” disse, o Diretor da Equipa Bruno Dubois na conferência de imprensa. “Nomear o Charles Craudelier como skipper foi o primeiro passo. Eu sei, que o Charles está mais determinado do que nunca em melhorar o seu fabuloso resultado de há três anos, e demonstrou que tem capacidades de liderança para lidar com desafio único de comandar o Dongfeng Race Team. Mas, acrescentamos alguns ingredientes novos ao nosso mix – homens e mulheres de grande estirpe que trazem experiência e fome de vitórias, e vão ao encontro dos nossos objetivos,” acrescentou Bruno Dubois. Guillaume Semblat, CEO da OC Sport, a empresa que gere esta campanha, não deixa de homenagear a Dongfeng Motor Corporation por regressar à prova: “Para nós na OC Sport, ter um parceiro deste calibre, tão envolvido com o que estamos a fazer, é de extrema importância e estamos encantados por poder gerir esta segunda participação numa das mais duras competições desportivas do mundo”.
Ler mais/Fonte: nauticapress.com

 

Peniche assinala o Dia Nacional do Pescador

Peniche assinala o Dia Nacional do PescadorDe 31 de maio a 4 de junho, o Município de Peniche levará a cabo as comemorações do “Dia Nacional do Pescador”, prestigiando a profissão e os contributos dos profissionais cuja atividade está ligada ao mar.

No dia 31 de maio, a data assinalada por decreto governamental de 1997 para esta celebração, o Município irá colocar em exposição, na Praça Jacob Rodrigues Pereira, a embarcação salva-vidas “Peniche”, que foi reabilitada pela Câmara Municipal de Peniche. Na noite do dia 3 de junho, no Auditório da Câmara Municipal de Peniche, será apresentado o livro “Naufrágios e Náufragos”, de Fernando Engenheiro.

No dia 4 de junho, as comemorações terão início às 9 horas, com o lançamento de foguetes, seguindo-se um seminário às 10 horas, no Auditório da Câmara Municipal de Peniche, que incidirá sobre a Fileira Socioeconómica da Pesca e que contará com a presença do Secretário de Estado das Pescas- José Apolinário. Ainda durante a iniciativa da manhã no Auditório, haverá lugar à apresentação pública do projeto “Mar Portuguez” – conservas de Chef, seguida da exibição do filme 3D “Mar Portuguez” de Edgar Pêra, rodado em Peniche, e de uma degustação de conservas no quadro do mesmo projeto. Será também apresentado o “Projeto Animal no Life Berlengas” por professores e alunos da Escola EB 2,3, D. Luís de Ataíde e inaugurada uma exposição no âmbito desta temática, que estará patente até ao dia 19 de junho.

Às 13 horas, terá lugar o tradicional almoço-convívio em homenagem ao pescador de Peniche, servido na cantina municipal. À tarde prosseguem as festividades na Ribeira Velha, com a deposição de uma coroa de flores no monumento ao pescador, a cerimónia de homenagem às organizações de produtores de produtos da pesca com sede em Peniche. Para além da já tradicional sessão de fados com o reconhecido fadista António Severino, a edição deste ano do Dia do Pescador será enriquecida com uma atuação da Banda da Armada.

As comemorações do dia encerram com a celebração de uma Eucaristia em homenagem aos Homens do Mar, às 19 horas, na Igreja de Nossa Senhora da Ajuda. Estas festividades são uma organização da Associação Mútua Financeira Livre dos Armadores da Pesca Geral (AMAP), da Câmara Municipal de Peniche, da Cooperativa dos Armadores de Pesca Artesanal, Crl (CAPA) e do Sindicato dos Trabalhadores da Pesca do Centro.
Ler mais/Fonte: nauticapress.com

 

Cascais acolhe um dos mais importantes circuitos do mundo de regatas à vela

Cascais acolhe um dos mais importantes circuitos do mundo de regatas à velaO Clube Naval de Cascais recebe, este ano e pela primeira vez em Portugal, o Cascais Dragon World Championship, um dos mais importantes circuitos do mundo de regatas à vela, que se realiza de dois em dois anos e que contará com a participação dos melhores velejadores nacionais e internacionais desta classe, que disputam o troféu de uma das regatas mais difíceis de vencer no mundo da vela.

Ao longo dos nove dias de evento são esperados cerca de 4.000 visitantes para assistirem a um evento recheado de estrelas, que participam com 72 barcos, provenientes de vários países. Especial destaque para a frota do Reino Unido, constituída por 12 Dragões, a da Alemanha por 8 e a Austrália e a França com 7 barcos cada. No total, o Clube Naval de Cascais será o anfitrião de 18 países, incluindo a Alemanha, Austrália, Bélgica, Dinamarca, Emiratos Árabes Unidos, Espanha, Estónia, França, Grécia, Holanda, Hungria, Irlanda, Japão, Mónaco, Reino Unido, Rússia, Suécia e Turquia.

Portugal estará representado com uma frota de 11 barcos de respeito e com velejadores de elevado gabarito, como José Sotto Mayor Matoso, Gustavo Lima e Frederico Melo, campeões Europeus em 2013 em Cascais. De referir ainda a participação de Patrick Monteiro de Barros, oito vezes Campeão Nacional Dragão e Velejador Olímpico que terá na sua equipa Alvaro Marinho, que conta com 4 diplomas olímpicos, 2000, 2004, 2008 e 2012.

Outros velejadores de renome marcarão presença, como: Hugo Rocha medalhado Olímpico (Atlanta 1996) e Campeão mundial de várias classes; Bernardo Freitas 1 participação Olímpica, com diploma (Londres 2012), 3º lugar na Red Bull Youth America’s Cup em 2013, vencedor da Gold Cup Dragão 2016 e, atualmente, participa como advisor na Red Bull Youth America’s Cup; Diogo Cayolla com três participações Olímpicas, Atlanta em 1996, Sydney no ano 2000 e Atenas em 2004. Conta com diversas vitórias internacionais e é Campeão Nacional em várias Classes; Match Racing Optimist, Snipe, Star, Sb20, Keelboats. Participou em circuitos internacionais como TP52, RC44, Extreme 40, GC32 entre outros; Nuno Barreto, medalhado Olímpico em Atlanta no ano de 96 e velejador da America’s Cup; Jorge Lima e José Costa velejadores olímpicos na classe 49er; Afonso Domingos que conta 4 participações Olímpicas nas classes 49er, Star e Nacra.

A participação internacional estará, igualmente, bem representada em número e qualidade, com uma lista de inscritos verdadeiramente notável, da qual constam personalidades de incontestada influência do panorama socioeconómico mundial, incluindo vários membros da realeza e de diversos governos. Em competição no Cascais Dragon World Championship estarão cerca de 230 velejadores, dos quais salientamos os melhores do planeta nesta classe, como os dois últimos Campeões do Mundo, Yevgen Braslavets (2015) e Klaus Diedrichts (2013). Também Lawrie Smith Velejador da Volvo Ocean Race, Andy Beasdworth Velejador da America’s Cup e campeão mundial dragão. A relevância do evento Cascais Dragon World Championship reflete-se também ao nível da economia local, uma vez que os velejadores virão acompanhados por cerca de 300 pessoas, provocando um impacto económico muito positivo em Cascais.
Ler mais/Fonte: ionline.sapo.pt

 

 

Produtos

banner_facebook_web